A-falta-de-inovacao-aumenta-o-risco

.Blog

A falta de inovação certamente colocará a sua empresa em risco.

  • 15 de março de 2022
  • 6 minutos de leitura

Você pode ficar para trás enquanto todos ao seu redor estão correndo quilômetros à frente pois decidiram inovar.

A falta de vontade de mudar te lembra alguma fase da vida?

Sempre que pensamos em teimosia ou dificuldade de adaptação às novas tendências, lembramos quase automaticamente dos nossos avôs e avós, que por uma certa teimosia não se adaptam às inovações.

Com as organizações o cenário não é diferente, essa tal teimosia ou a falta de um olhar atento às inovações do mercado pode ser perigosa, pois significa que você pode ficar para trás enquanto todos ao seu redor estão correndo quilômetros à frente (porque eles decidiram inovar), e claro, pode passar uma imagem de estar ultrapassado dentro do mercado.  Em poucas palavras, esse comportamento pode deixá-lo em uma posição perigosa, especialmente quando todos ao seu redor estão inovando em uma velocidade ultra rápida.

Inovar é sinônimo direto de evoluir!

Assumir os riscos que a inovação propõem é um movimento estratégico, pois o crescimento presente e futuro da sua empresa literalmente depende disso. A história nos mostra que aqueles que não antecipam as mudanças, sofrem com elas, enquanto aqueles que surfam a onda das mudanças, encontram oportunidades inclusive de escalar seus negócios em proporções que antes não seriam possíveis.

Se você é um líder de negócios que busca gerenciar riscos, seria aconselhável iniciar e manter um programa de inovação contínua. Os programas consistem em projetos e, por meio de projetos, você mudará sua cultura. Se você não sabe como iniciar projetos de inovação, obtenha treinamento e assistência. Seus projetos de inovação são apólices de seguro para o futuro de sua empresa – portanto, certifique-se de estar atento aos riscos.

É vital que os líderes empresariais promovam um ambiente onde a inovação seja uma parte natural da cultura da empresa.

“É vital que nossas organizações sejam capazes de atrair pessoas com as habilidades tecnológicas certas, mas também desenvolver essas habilidades internamente, além de recrutar pessoas com habilidades digitais, as organizações precisam se concentrar em treinar seus funcionários para serem pensadores adaptáveis, criativos e críticos.” diz o presidente e sócio sênior da PwC, Kevin Ellis.

Por que a inovação nos negócios é importante?

  • Primeiro vamos aos fatos, você pode falir em um piscar de olhos!
    Isso mesmo, empresas como Blackberry, Yahoo, Kodak, MySpace simplesmente saíram do mercado ou perderam boa parte de seu valor por falta de atenção ou resistência às inovações.
  • Baixa produtividade dos colaboradores e dificuldade de retenção.
    Em pesquisa divulgada pelo Valor Econômico com mais de 12 mil pessoas, mais da metade dos que atuam em empresas defasadas (52%) dizem se sentir frustrados com os empregadores por causa dos dispositivos tecnológicos aos quais têm acesso, e 13% afirmam que isso contribui para a vontade de trabalhar em outro lugar. Nas companhias com alto nível de tecnologia, apenas 3% se sentem frustrados.
  • Risco com a manipulação das informações internas, ou seja, sua empresa exposta!
    A pesquisa indica que uma das consequências do atraso tecnológico é que os colaboradores podem agir por conta própria – o que pode resultar em riscos de segurança para as companhias. No Brasil, mais da metade dos profissionais entrevistados usam smartphones pessoais e 30% usam o próprio notebook para trabalhar, números acima da média global. 

    A grande maioria (71%) também baixou aplicativos e softwares sem a autorização da empresa ou o suporte da equipe de TI, por considerar que eles são melhores do que o disponibilizado ou porque a companhia não ofereceu alternativa nenhuma. Uma maioria também admite ter contornado protocolos de segurança para ser mais produtivo.
  • A inovação empresarial é importante por uma razão simples: valor. 
    Para que seu negócio prospere, é crucial estar continuamente inovando e melhorando. A inovação empresarial bem-sucedida significa encontrar novas oportunidades de receita, otimizar os canais existentes e, em última análise, gerar maiores lucros. Também deve dar às empresas uma vantagem sobre seus concorrentes.
  • Perda de competitividade e abertura de espaço para a concorrência.
    O principal problema que vemos para as corporações que deixam as inovações em segundo plano é a perda de competitividade no mercado. Sem explorar suas possibilidades, a empresa continua sempre da mesma forma, enquanto seus concorrentes investem em novidades. Assim, a corporação acaba ficando para trás.

    Por exemplo: “Tudo o que foi inventado nos últimos 150 anos será reinventado usando IA nos próximos 15 anos”, prevê Randy Dean , diretor de negócios da Launchpad.AI , de São Francisco. Então como será possível acompanhar, em tão pouco tempo uma realidade tão tecnológica se eu não tenho um plano para lidar com ela?

Com a possibilidade de explorar cada vez mais o potencial disponibilizado pelas tecnologias digitais ao longo das cadeias de valor industriais, mesmo setores que aparentemente não têm muita afinidade com inovações, como o de mineração, por exemplo, mostram a preocupação com a forma como esperam se posicionar no futuro para não verem seus negócios serem engolidos por concorrentes.

Por um motivo simples: isso pode significar a diferença entre seguir no jogo com chances de se destacar ou desaparecer. Para 60% dos executivos entrevistados, seus negócios desaparecerão ou apenas vão sobreviver, caso não sejam feitos investimentos em novas tecnologias.

Em um estudo da PwC com executivos-chefes globais, quase 25% tinham a inovação no topo de sua lista de prioridades para o próximo ano.

E você, já está preparando os seus negócios para a era da inovação? Seus concorrentes provavelmente já estão!

Acesse abaixo para entender como o Mignow pode te ajudar a acelerar a sua transformação digital.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos